sábado, fevereiro 14, 2009

Bazaka - Quando faltarem as palavras


Poema do meu grande amigo,idolo e poeta BZK.....
.
QUANDO FALTAREM AS PALAVRAS
.
Quando faltarem as palavras.
Que ao menos meu desejo de existir seja mantido.
Que ao menos a presença de meu nome seja lembrada...
Não com exaltação...
Não com bustos erguidos em praças...
Esquecidos em meio ao frenético movimento das cidades..
Simplesmente falem por mim.
Ecoem os guetos enfavelados das manhãs com palavras.
Distribuam aos famintos de justiça o poema do dia...
Juntamente com o pão que alimenta a dignidade de viver.
Quando faltarem as palavras....
Que eu use as linguagens dos sinais....
Que eu use as mãos como uma caneta invisível ...
Onde se rabisca um traçado conhecido pelos poetas e pelos loucos...
A extremada vontade de se manter desequilibrado.
Não aceitando a derrota imposta sem luta...
E crer no improvável....
Mesmo que todos naveguem em crenças comodistas...
Que as palavras supram a desmotivação....
Que as palavras sejam o reforço na redação....
Redação onde o tema principal seja as relações humanas...
A banalização do sentimento entregue ao esculacho dos descasos...
Quando me faltarem as palavras....
Que não falte o remédio contra o "desmemoriol""....
Um dia eu chorei a imortalidade dos ancestrais....
Que os futuros seres poetas continuem a saga dos imortais...
Que cenário rememore as sombras frondosas dos baobas....
Dando a nítida sensação de estarmos em lagos na Nigeria....
Ou ainda a impressão de estarmos falando em Kimbundo....
Quando faltarem as palavras...
Talvez ai eu verei que cumpri minha missão...
Deixei de ser poeta no usufruto das palavras...
Para depois me tornar uma delas....
.

.
Poema que fiz em homenagem as palavras..
BAZAKA.

2 comentários:

Jéssikitsha♀ disse...

apesar de não conhecer ele, flagro as músicas e as poesias, manda muito bem mesmo o caraaa

Anônimo disse...

ler todo o blog, muito bom

Loading...